329-logo-blog-sticky
  • ATIVIDADE ACADÉMICA
    VER PÁGINA

Glaucoma / 15 posts encontrados

A importância da prevenção e da consulta periódica em oftalmologia

Nenhuma criança deveria entrar para a escola sem uma avaliação oftalmológica prévia, assim como um jovem entre os 15 e os 17 anos, antes de atingir a idade adulta. Também um adulto, mesmo sem queixas, deverá fazer um exame oftalmológico, pelo menos de quatro em quatro anos, por forma a serem prevenidas doenças oculares que, se identificadas atempadamente, possam ser corrigidas ou os seus efeitos retardados.

A visão é muito importante, mas temos que a integrar com todos os outros sentidos

Hoje divulgo uma entrevista que foi publicada na Revista Dignus e na qual abordo a importância da visão para ter uma boa qualidade de vida, particularmente sobre os cuidados especiais que se deve ter com os olhos da população idosa, além de realçar o serviço desenvolvido pelo Lenitudes Medical Center & Research.

Proteja a sua visão e garanta boa qualidade de Vida

Para que a saúde visual possa ser assegurada é necessário que as pessoas sigam as recomendações dos médicos oftalmologistas, os profissionais responsáveis pela identificação das patologias oculares e o seu tratamento médico e cirúrgico atempado. Por isso mesmo, neste artigo enuncio alguns dos principais problemas e cuidados aos quais qualquer pessoa deve estar atenta. Confira!

Como deve um Oftalmologista comunicar uma má notícia?

Na área da saúde, neste caso da oftalmologia, é fundamental saber interagir com outras pessoas. Os profissionais de saúde têm como uma das bases do seu trabalho as relações humanas, sejam elas com o doente, os seus familiares ou com a equipa multidisciplinar que os acompanha. Este texto visa precisamente responder a algumas questões comuns relacionadas com esta temática. Confira em baixo as minhas respostas para a pergunta formulada no título deste post.

Como proteger a sua visão? Leia estas dicas agora!

Nos últimos anos tem havido grandes progressos no diagnóstico e tratamento de algumas doenças oculares. Por isso é fundamental que as pessoas comecem a encarar os exames oftalmológicos como parte integrante das avaliações médicas de rotina. Confira estas dicas para entender melhor o que fazer para proteger a sua visão.

Combater o desperdício na Saúde em Portugal é essencial

Na sequência do artigo anterior, intitulado Reflexão sobre as dificuldades e oportunidades na Saúde em Portugal, deixo hoje para reflexão de todos, gostaria apenas de referir um exemplo de prioridade assistencial no âmbito da oftalmologia, na minha opinião mal definido, e que obviamente poderá ser transposto para qualquer outra área no âmbito do Serviço Nacional da Saúde (SNS).

Reflexão sobre as dificuldades e oportunidades na Saúde em Portugal

Vivemos hoje um período em que tudo o que se passa à nossa volta parece estar prestes a se desmoronar, caminhando-se a passos largos para o abismo. A Saúde parece não escapar a esse destino. E não poderemos deixar de aproveitar as oportunidades, pelo que será fundamental não as deixar escapar.

Entrevista de José Salgado Borges sobre segmento anterior (OftalPro)

Em 2013, a OftalPro fez uma entrevista comigo, quando desempenhava então o cargo de director do Serviço de Oftalmologia do Hospital de S. Sebastião, sediado em Santa Maria da Feira. Recordo agora esta entrevista que incidiu sobre o segmento anterior, uma área da oftalmologia que me fascina desde o início da minha carreira. Pode ler a versão integral aqui neste link.

Aprenda tudo o que precisa saber sobre o Glaucoma

O glaucoma é uma patologia que atinge o nervo óptico, estrutura fundamental para a transmissão dos estímulos visuais ao cérebro. Na maioria dos casos o glaucoma surge associado a uma elevação da pressão intra-ocular e/ou uma alteração circulatória do nervo óptico.

Qual a principal vantagem do Teste de Glare? Confira agora!

O teste de Glare é um exame que permite avaliar qual a afectação, que existe na função visual, na presença de uma fonte de luz localizada no campo de visão do paciente. Este exame tem a capacidade de avaliar alterações visuais que não são detectadas pelos métodos tradicionais, uma vez que as escalas de Snellen utilizadas são de alto contraste.