329-logo-blog-sticky
  • ATIVIDADE ACADÉMICA
    VER PÁGINA

Uveíte anterior, posterior ou intermédia: conheça as diferenças

Dependendo da área da úvea onde a infamação está instalada, podemos distinguir entre uveíte anterior, posterior e intermédia. Ao longo deste artigo, abordaremos cada uma individualmente para perceber quais as suas causas, sintomas e tratamentos.

Home Clinsborges
 

Falamos de uveíte quando estamos perante uma inflamação em um ou mais elementos da úvea, a área dos olhos composta pelas íris, pelo corpo ciliar e pela membrana coroide. Com um elevado nível de gravidade, a doença requer um diagnóstico e tratamento precoce que permita identificar o tipo de uveíte e corrigi-la o quanto antes.

Dependendo da área da úvea onde a inflamação está instalada, podemos distinguir entre uveíte anterior, posterior e intermédia. Ao longo deste artigo, abordaremos cada uma individualmente para perceber quais as suas causas, sintomas e tratamentos.

Uveíte anterior

Trata-se do tipo de uveíte mais comum e é também conhecida como irite ou iridociclite. A uveíte anterior resulta de uma inflamação da íris, da câmara anterior ou da cavidade vítrea. Nalguns casos, esta inflamação pode comprometer o corpo ciliar.

A uveíte anterior pode manifestar-se num episódio específico ou tornar-se recorrente. Nos casos de uveíte anterior aguda, o início da doença é normalmente súbito com o aparecimento repentino de sinais como diminuição da acuidade visual, olho vermelho, dor e fotofobia.

Uveíte posterior

A uveíte posterior (também designada por coriorretinite) ocorre quando a inflamação afeta a coroide. Com uma grande diversidade de origens, o problema pode ser a consequência de histoplasmose, toxoplasmose, sarcoidose, sífilis ou toxocaríase. Nalguns casos o problema pode ter origem desconhecida.

O diagnóstico precoce e o tratamento certo fazem com que a uveíte posterior seja tratável. Os sintomas mais frequentes são: visão turva e perceção de corpos flutuantes. Dor e fotofobia não são muito comuns.

Uveíte intermédia 

Por último, a uveíte intermédia (também conhecida como vitreíte ou pars planitis) é causada por uma inflamação na cavidade vítrea. Visão turva e visão de objetos volantes são os dois sintomas mais comuns neste tipo de uveíte em que geralmente não há dor nem fotofobia.

Normalmente, a uveíte intermédia apenas afeta um dos olhos. Com o tratamento certo e o diagnóstico precoce, este tipo de uveíte também pode ser tratado.

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *