329-logo-blog-sticky
  • ATIVIDADE ACADÉMICA
    VER PÁGINA

retinopatia diabética / 8 posts encontrados

Como deve um Oftalmologista comunicar uma má notícia?

Na área da saúde, neste caso da oftalmologia, é fundamental saber interagir com outras pessoas. Os profissionais de saúde têm como uma das bases do seu trabalho as relações humanas, sejam elas com o doente, os seus familiares ou com a equipa multidisciplinar que os acompanha. Este texto visa precisamente responder a algumas questões comuns relacionadas com esta temática. Confira em baixo as minhas respostas para a pergunta formulada no título deste post.

Combater o desperdício na Saúde em Portugal é essencial

Na sequência do artigo anterior, intitulado Reflexão sobre as dificuldades e oportunidades na Saúde em Portugal, deixo hoje para reflexão de todos, gostaria apenas de referir um exemplo de prioridade assistencial no âmbito da oftalmologia, na minha opinião mal definido, e que obviamente poderá ser transposto para qualquer outra área no âmbito do Serviço Nacional da Saúde (SNS).

Reflexão sobre as dificuldades e oportunidades na Saúde em Portugal

Vivemos hoje um período em que tudo o que se passa à nossa volta parece estar prestes a se desmoronar, caminhando-se a passos largos para o abismo. A Saúde parece não escapar a esse destino. E não poderemos deixar de aproveitar as oportunidades, pelo que será fundamental não as deixar escapar.

O que é a Retinopatia Diabética? E como é o tratamento?

A Retinopatia Diabética é uma complicação da Diabetes, muito ligada a valores elevados da glicemia e suas oscilações. Nesta patologia existem alterações vasculares que também afetam os vasos retinianos e, dependendo da sua gravidade, podem levar a uma diminuição da acuidade visual ou mesmo à cegueira.

Qual a principal vantagem do Teste de Glare? Confira agora!

O teste de Glare é um exame que permite avaliar qual a afectação, que existe na função visual, na presença de uma fonte de luz localizada no campo de visão do paciente. Este exame tem a capacidade de avaliar alterações visuais que não são detectadas pelos métodos tradicionais, uma vez que as escalas de Snellen utilizadas são de alto contraste.

Confira agora 5 doenças que podem causar cegueira

Dados da Organização Mundial de Saúde concluíram que cerca de 60% a 80% dos casos de cegueira em todo o mundo poderiam ter sido evitados com o devido tratamento. Prevenir é a palavra de ordem quando falamos de saúde ocular: a deteção precoce do problema é fundamental para que as situações não se tornem extremas e irreversíveis. Neste post juntamos por isso uma lista de doenças que podem levar à cegueira.

O que é a vitrectomia? Saiba mais sobre esta cirurgia

A vitrectomia é um tipo de procedimento cirúrgico que consiste na remoção do vítreo e respetiva substituição por um gás ou líquido. A operação é executada apenas em casos mais graves. Atualmente, pode ser usada no tratamento de várias doenças, como o descolamento da retina, hemorragia vítrea, tromboses venosas, glaucoma, “pucker” macular ou retinopatia diabética.

Quais são as causas e os diferentes tipos de retinopatia?

Falamos de retinopatia quando queremos designar lesões não inflamatórias na retina. Normalmente associadas a diferentes tipos de doenças sistémicas, as retinopatias podem assumir várias formas. Neste artigo abordaremos as retinopatias mais comuns de forma a perceber como são causadas e que implicações têm.