329-logo-blog-sticky
  • ATIVIDADE ACADÉMICA
    VER PÁGINA

olhos secos / 7 posts encontrados

Olho seco é a doença ocular da atualidade

O Olho seco é um verdadeiro problema de saúde pública: mais de 15% dos adultos (cerca de 1 milhão e meio de portugueses) apresentam queixas de dor ou desconforto ocular na se­quência desta condição. O olho seco manifesta-se por um conjunto de sinais e sintomas inespecíficos, entre os quais se contam a sensação de picada ou de corpo estranho, o ardor, o lacrimejo excessivo.

Qual a verdadeira função das lágrimas artificiais? Descubra agora!

Sabia que cada ser humano pestaneja em média durante um dia cerca de 14 mil vezes? No caso de um adulto que esteja acordado 16 horas por dia, isto significa que pestaneja 10 a 15 vezes por minuto! Neste contexto, o uso de lágrimas artificiais é ainda mais facilmente entendido. Mas o que são na verdade as lágrimas artificiais e para que servem?

Keratograph 5M, um aparelho de sucesso no diagnóstico do olho seco

O Keratograph 5M é um instrumento que possui uma câmara de alta resolução de cor e está equipado com um software “inteligente” que analisa todos os dados captados e conjuga-os por forma a apresentar os seus resultados e conclusões num único documento global. Possibilita comparar resultados e ainda evidenciar o sucesso do tratamento do olho seco.

Perguntas e Respostas essenciais sobre a Síndrome do Olho Seco

Neste artigo apresento uma lista de perguntas comuns sobre a Síndrome do Olho Seco, assim como as respectivas respostas, de modo a esclarecer as principais dúvidas sobre uma doença ocular cada vez mais presente no quotidiano dos portugueses.

Entrevista de Salgado Borges na ExLibris sobre Oftalmologia Contemporânea – Parte II

Neste post apresento a segunda parte da minha entrevista realizada em Setembro de 2014 pela revista ExLibris. Desta vez, abordo a importância da lubrificação dos olhos e também técnicas cirúrgicas da catarata.

Causas e Factores de Risco da doença ocular Olho Seco

O Olho Seco é uma alteração em que o olho produz lágrimas em quantidade insuficiente e/ou de má qualidade. A lágrima destina-se a humidificar e lubrificar a superfície do olho. Forma uma película que recobre o globo ocular e a face interna das pálpebras, para que estas durante o pestanejo passem suavemente sobre o olho sem o arranhar ou danificar, funcionando como o óleo de uma máquina.

Lubrificar os olhos é muito importante, descubra porquê neste artigo!

Cansaço, secura e irritação são alguns dos sintomas mais comuns que revelam a falta de lubrificação ocular. Na origem do problema podem estar várias situações, como alterações hormonais, infeção das pálpebras ou exposição prolongada a um ecrã. Descubra mais neste artigo.