329-logo-blog-sticky
  • ATIVIDADE ACADÉMICA
    VER PÁGINA

estrabismo divergente / 4 posts encontrados

Estrabismo em adultos: um perigo à espreita

O Estrabismo consiste numa alteração do paralelismo entre os dois olhos, que apontam para diferentes direções. Esta doença ocular pode ocorrer na criança desde os primeiros meses de vida e ser corrigida por tratamento médico e/ou cirúrgico; pode surgir também no adulto por diferentes razões. Vale a pena realçar que o estrabismo em adultos pode ser originado desde a infância ou ainda ser provocado por um acidente ou doença na vida adulta.

Como é realizada a correcção ou tratamento do estrabismo?

O estrabismo é uma doença na qual os olhos não se encontram alinhados. Tipicamente afeta os músculos extraoculares dificultando a visão binocular, o que poderá causar um baixo desenvolvimento visual do olho desviado.

Estrabismo divergente: causas e perigos para o paciente

Também conhecido como exotropia, o estrabismo divergente é um tipo de estrabismo em que um olho mantém a fixação, enquanto o outro se desvia para fora na direção oposta ao nariz. Como consequência surgem frequentemente situações de diplopia ou visão dupla, em que o objeto focado parece duplicar-se numa espécie de ilusão de ótica.

Quais são as causas do estrabismo? Aprenda agora!

Por definição, o estrabismo é uma disfunção que resulta na perda de paralelismo entre os olhos. Dependendo dos casos, o desvio pode ser leve ou acentuado. Além de ser um problema na visão, o estrabismo tem implicações psicológicas, uma vez que afeta a aparência do doente. Descubra neste post as causas do estrabismo.