329-logo-blog-sticky
  • ATIVIDADE ACADÉMICA
    VER PÁGINA

Diagnósticos / 60 posts encontrados

O que é o exame de Tomografia e para que serve?

A Tomografia permite-nos ainda, através de uma avaliação densitométrica, caracterizar opacificações do cristalino e acompanhar a evolução temporal de uma catarata. Através da Tomografia corneana podem ser detetados Ceratocones incipientes ou outras alterações que inviabilizem a realização do Lasik.

Encontro sobre Alzheimer reuniu especialistas ibéricos em Portugal

Realizado a 8 de julho, no auditório do Lenitudes Medical Center & Research em Santa Maria da Feira, o “Encontro sobre Abordagem da Doença de Alzheimer em 2020” contou com mais de 60 participantes, na sua maioria prestadores de cuidados na área da saúde. A reunião teve como objetivo dar a conhecer novos métodos para a detecção precoce na doença de Alzheimer e mostrar a importância de uma abordagem multidisciplinar no âmbito das patologias degenerativas.

Fadiga Ocular? Saiba agora quem são os culpados!

A fadiga visual digital é um problema que cada vez mais a população em Portugal, devido à crescente utilização de dispositivos digitais, constitui um dos riscos laborais mais frequentes do século XXI. Esta síndrome começou a ser diagnosticada quando os computadores pessoais se tornaram mais comuns, mas depressa se estendeu a outros tipos de aparelhos.

Estudos revelam que é possível identificar Doença de Alzheimer através de OCT-A

Através de resultados obtidos com recurso à angiotomografia de coerência ótica vários investigadores da Duke University, localizada nos EUA, revelaram que alterações estatisticamente significativas podem ser identificadas nas retinas de pacientes com Alzheimer. Esta novidade foi divulgada num estudo recente, publicado na revista Ophthalmology Retina e, devido ao seu elevado valor científico, merece atenção, pois é de facto uma descoberta entusiasmante.

Tratamento de Queratocone: opções terapêuticas em 10 anos de follow-up

Neste artigo científico os autores descrevem o caso de um doente de 25 anos diagnosticado com Queratocone bilateral em 2002. Discute-se a evolução clínica, topográfica, tomográfica e biomecânica da córnea e as diferentes opções terapêuticas de acordo com a evolução da doença ao longo de 10 anos de seguimento. O interesse do caso reside no facto de nele terem sido sucessivamente utilizadas diversas modalidades terapêuticas atualmente disponíveis.

Análise da Evolução da Densidade Óptica do Pigmento macular com a Idade

O pigmento macular (PM) é formado pelos carotenóides luteína e zeaxantina. Visto que estas moléculas não são sintetizados pelo organismo, a sua obtenção é feita exclusivamente através de fontes alimentares, nomeadamente pela ingestão de gema de ovo e de frutos e vegetais de folhas verdes e cores variadas. Confira esta Análise da Evolução da Densidade Óptica do Pigmento macular com a Idade.

Nevrite Óptica por Sífilis: Análise de Um Caso Clínico

A sífilis consiste numa infecção sistémica provocada pela espiroqueta Treponema pallidum. Apelidada de “grande imitadora”, pode afectar todas as estruturas oculares. As manifestações oftalmológicas podem surgir nos estádios secundário e terciário, sendo a uveíte a alteração mais comum. Saiba mais neste caso clínico de nevrite óptica por sífilis.

Como deve um Oftalmologista comunicar uma má notícia?

Na área da saúde, neste caso da oftalmologia, é fundamental saber interagir com outras pessoas. Os profissionais de saúde têm como uma das bases do seu trabalho as relações humanas, sejam elas com o doente, os seus familiares ou com a equipa multidisciplinar que os acompanha. Este texto visa precisamente responder a algumas questões comuns relacionadas com esta temática. Confira em baixo as minhas respostas para a pergunta formulada no título deste post.

A importância da Psicologia no Centro Integrado de Baixa Visão

Tendo em conta que, de todos os nossos sentidos, a visão é o que nos proporciona mais informação, é de esperar que as pessoas que perdem a visão sofram um grande impacto psicológico. A ajuda psicológica especializada contribui decisivamente para um melhor ajustamento emocional e uma mais rápida recuperação. Confira mais neste post.

Hiperosmolaridade do filme lacrimal e Olho Seco – TearLab

Com o desenvolvimento do sistema de osmolaridade com o TearLab é possível disponibilizar-se um pequeno laboratório no consultório ou clínica, permitindo apenas em alguns segundos, identificar um dos mecanismos principais do Síndroma de Olho Seco: a hiperosmolaridade.