329-logo-blog-sticky
  • ATIVIDADE ACADÉMICA
    VER PÁGINA

O que é a endoftalmite e qual a sua gravidade?

Considerada uma emergência médica, a endoftalmite é uma infecção no interior do olho que pode resultar de problemas cirúrgicos ou lesões no globo ocular. Ainda que não seja uma doença ocular muito comum, a endoftalmite é perigosa e deve ter tratamento imediato, pois os danos podem ser irreversíveis e levar à cegueira.

Considerada como uma emergência médica, a endoftalmite é uma infecção no interior do olho que pode resultar de complicações cirúrgicas ou de lesões no globo ocular. Ainda que não seja uma doença ocular muito comum, a endoftalmite é perigosa e deve ter tratamento imediato. Caso contrário, os danos podem ser irreversíveis e levar o doente à cegueira.

Normalmente, o problema surge após uma cirurgia pela falta de cuidado pós-operatório ou por contaminação durante a operação. Apesar de raras, existem também situações em que o problema surge devido à infiltração de organismos pela corrente sanguínea.

Regra geral, estes casos estão associados a problemas dentários, úlceras na pele ou outras doenças como sépsis ou pneumonia.

Importa salientar ainda que os principais sintomas e sinais são vermelhidão, dor intensa, diminuição da acuidade visual e sensibilidade extrema à luz.

Endoftalmite: o que leva à infeção?

Na grande maioria dos casos, a infeção que gera a endoftalmite é causada por uma bactéria como o Staphylococcus aureus, que está também associada a outras doenças mais e menos graves, como é o caso da pneumonia ou da foliculite.

Para que o tratamento da endoftalmite seja eficaz, o primeiro passo é perceber exatamente qual microrganismo que deu origem à infecção.

Para isso é recolhido um pouco do fluido interno que está na parte anterior do olho e feita uma análise específica. Com base nessa análise são prescritos e administrados antibióticos.

Exames de imagem do olho e análises de sangue ou de urina podem também ser necessários.

Como reagir em caso de endoftalmite?

Como dissemos antes, a endoftalmite é uma emergência médica. Às primeiras suspeitas, é fundamental que procure um oftalmologista especializado.

Para evitar a progressão da doença, devem ser injetados antibióticos no olho ou administrados por via intravenosa. Nalguns casos, pode também ser necessário recorrer a uma cirurgia urgente. A abordagem inicial é fundamental para que o doente seja capaz de conservar a melhor visão possível.

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *