329-logo-blog-sticky
  • ATIVIDADE ACADÉMICA
    VER PÁGINA

Chalázio ou Calázio e Hordéolo ou Terçol: descubra as diferenças!

Hordéolos e chalázios conhecidos na gíria respetivamente por terçóis e calázios, são muitas vezes confundidos. Ambos resultam numa inflamação que, apesar de não ser grave, causa desconforto e irritação. Mas o que é que distingue os dois problemas? Continue a ler para saber.

Como uma forma de tumefação globosa das glândulas da pálpebra, hordéolos e chalázios conhecidos na gíria respetivamente por terçóis e calázios, são muitas vezes confundidos.

Ambos resultam numa inflamação que, apesar de não ser grave, causa desconforto e irritação. Mas o que é que distingue os dois problemas?

Enquanto no hordéolo, também chamado de terçol, o problema resulta de uma infeção bacteriana das glândulas de Meibómio, de Zeiss ou de Moll, no caso do chalázio, a inflamação não é bacteriana e ocorre igualmente nas glândulas de Meibómio ou de Zeiss, mas devido à obstrução dos seus canais excretores.

Regra geral, um chalázio tem um tamanho superior ao de um hordéolo e consistência endurecida.

O hordéolo tem consistência amolecida e tende a drenar espontaneamente ao fim de alguns dias (aplicação de calor local, pomadas e colírios podem ajudar no processo).

O chalázio também tende a regredir, embora possa ficar um granuloma (nódulo) no local.

Tratamentos para Chalázio ou Calázio e Hordéolo ou Terçol

Ambos os casos podem ser tratados com aplicação de calor local. Uma das técnicas mais comuns é embeber um pedaço de algodão ou gaze em água morna e coloca-lo sobre a lesão durante cerca de 10 minutos, duas a quatro vezes ao dia.

Adicionalmente, é também recomendado uma higiene palpebral adequada. Durante o dia, evite esfregar os olhos. Poderá sempre recorrer ao seu médico que lhe indicará uma pomada ou colírio que ajudarão a que os problemas se resolvam mais rapidamente.

Na maioria das vezes, o hordéolo tende a desaparecer no período de uma semana. Se tal não acontecer, o melhor é consultar o médico para que este possa fazer um diagnóstico e tratamento adequados.

No chalázio pode ser necessário curetar/drenar para a remoção do seu conteúdo.

Quando o problema é recorrente e os hordéolos ou chalázios aparecem repetidamente, pode ser necessário tomar antibiótico via oral durante tempo prolongado. Situações como esta são mais comuns em idosos e adolescentes.

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *