329-logo-blog-sticky
  • ATIVIDADE ACADÉMICA
    VER PÁGINA

Oftalmologia / 59 posts encontrados

Descubra tudo o que precisa saber sobre a Catarata

Em condições normais o cristalino é completamente transparente, o que permite a passagem dos raios luminosos e a sua focagem na retina, obtendo-se dessa forma uma imagem nítida. Quando o cristalino se opacifica o suficiente para provocar a diminuição da acuidade visual, estamos na presença de uma catarata.

Consulta de oftalmologia: descubra tudo o que deve saber

Os olhos são um instrumento fundamental no dia a dia, e estar atento aos sinais que eles nos vão dando é o primeiro passo para que consigamos manter a acuidade visual. Consultas de oftalmologia de rotina ajudam a garantir que tudo está bem. É nestas alturas que deve expor todas as suas dúvidas e explicar as diferenças que tem notado.

Quer deixar os óculos ou lentes de contacto? Lentes intra-oculares são alternativa

Quando se trata da correção refractiva/cirúrgica da visão, até aos 40-45 anos de idade, os dois tipos de cirurgia mais comuns são o LASIK ou a inserção de uma Lente Intra-Ocular Fáquica. Ambas as técnicas têm como objectivo reduzir a dependência de óculos ou lentes de contacto.

Alguma vez ouviu falar do Exame de Motilidade Ocular?

O Exame de Motilidade Ocular (também conhecido como Teste Ortóptico, Exame de MEO ou avaliação da motilidade extrínseca ocular) tem como principal função analisar as condições de equilíbrio do sistema oculomotor, para verificar se há estrabismo ou se os dois olhos funcionam simultaneamente (Visão Binocular).

Biomicroscopia ocular: conheça o exame mais usado da Oftalmologia

O nome pode parecer complicado, mas a Biomicroscopia ocular é um exame simples e comum na Oftalmologia, sendo indicado em todos os exames oftalmológicos para aferir a saúde dos olhos e identificar algumas doenças.

Xantomas ou Xantelasmas: descubra os tipos e causas desta doença

Estamos perante um xantoma quando encontramos um material gorduroso, com tom amarelado e rico em colesterol nos tendões ou na pele. A doença está muitas vezes associada a problemas no sistema endócrino e pode aparecer nas pálpebras. Quando assim é, dizemos que se trata de um xantoma ou xantelasma palpebral.

Uveíte anterior, posterior ou intermédia: conheça as diferenças

Dependendo da área da úvea onde a inflamação está instalada, podemos distinguir entre uveíte anterior, posterior e intermédia. Ao longo deste artigo, abordaremos cada uma individualmente para perceber quais as suas causas, sintomas e tratamentos.

Quais são os principais sintomas da uveíte? Descubra agora!

A uveíte resulta de uma inflamação intraocular que afeta a úvea, a zona do olho composta pela íris, pelo corpo ciliar e pela coroide. Com diferentes níveis de gravidade, o problema é tratável, mas requer uma avaliação prévia que seja capaz de identificar a verdadeira origem da inflamação. Nos casos mais graves, a uveíte pode conduzir à cegueira.

Tenho uma mancha preta na visão. É perigoso? Confira a resposta!

Desvalorizadas e muitas vezes consideradas como um mero sinal de cansaço, as manchas da visão, também conhecidas como moscas volantes, são algo a que todos devemos estar atentos. Se nalguns casos podem ser normais, noutros podem significar algum problema grave. Uma consulta ao oftalmologista é, por isso, obrigatória.

O que é a endoftalmite e qual a sua gravidade?

Considerada uma emergência médica, a endoftalmite é uma infecção no interior do olho que pode resultar de problemas cirúrgicos ou lesões no globo ocular. Ainda que não seja uma doença ocular muito comum, a endoftalmite é perigosa e deve ter tratamento imediato, pois os danos podem ser irreversíveis e levar à cegueira.